Você está aqui
Home > Cidades > Animais aguardam por adotantes

Animais aguardam por adotantes

A Prefeitura de Gramado, através da Secretaria de Saúde e Vigilância em Saúde Municipal, realizou uma consulta pública no ano de 2011 sobre o problema dos animais abandonados e sobre os maus tratos de cães e gatos na cidade. Isso originou a Lei Municipal nº 2.920, de 24 de maio de 2011, que dispõe sobre a política de proteção aos animais, identificação eletrônica, posse responsável de animais e controle de natalidade.

A partir daí, foi criado o Projeto Eu Amo Cuidar dos Animais, projeto este avaliado pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grande do Sul – CRMV/RS, e que inclui, além da castração e chipagem destes animais, ações educativas sobre posse responsável e de fiscalização de proprietários que cometem maus tratos e guarda irresponsável. Com isto, intensificaram-se as ações educativas e fiscalizatórias buscando conscientizar sobre a posse responsável de cães e gatos e incentivar a castração e adoção de animais.

“Com as ações tomadas conseguimos conscientizar a comunidade gramadense, bem como os alunos da rede municipal, da importância desses bons atos com os peludos. Passos importantes que antecedem uma adoção, fazendo com o animal seja bem tratado e mantido de forma responsável por seus adotantes”, comenta Marina Toniolo, veterinária do projeto.

A Secretaria de Saúde assumiu a responsabilidade dos animais antes mantidos pela ONG Consciência Animal. Os mais de 140 cães e aproximadamente 50 gatos forão transferidos, aos poucos e separados por matilha, para novos espaços, mais organizados e aconchegantes. Este processo se deve a superlotação de animais que estavam na ONG, onde o Ministério Público firmou um Termo de Ajustamento de Conduta para encerrar as atividades do sítio.

Após a transferência dos animais para as novas locações, a principal localizada na Linha 28 – interior de Gramado, a Secretaria e Vigilância em Saúde realizou a castração e chipagem de todos os animais, além de mantê-los sempre saudáveis, com banho e tosa, medicação diária para os que necessitaram, e todo o fortalecimento em adoção responsável. A administração é exclusiva da Secretaria de Saúde de Gramado, que tem investido em equipamentos, medicamentos, ração e custeio destes locais adquiridos conforme edital público.

“Agora, estamos mais próximos dos animais, os mantendo sempre saudáveis e fortes, com uma boa alimentação e indução de adoção através de visitas monitoradas por nossos agentes. Além disso, contamos com o apoio veterinário da própria Administração Municipal e de convênios mantidos com as clínicas Saúde Animal e Álvaro Abreu, todos os bichinhos são monitorados por profissionais responsáveis e capacitados”, conta a Coordenadora de Vigilância em Saúde de Gramado, Milena Santos.

Animais vítimas de maus tratos só poderão ser recebidos mediante apresentação de boletim de ocorrência ou, para melhor comodidade dos munícipes, através de uma denúncia no Fala Cidadão, que agora também possui um aplicativo para Android e iOS. Lembrando que a população gramadense, mediante apresentação de documentos, comprovante residencial e comprovante de renda de até três salários mínimos, pode agendar a castração gratuita do seu animal no Centro Municipal de Saúde, localizado na rua Ernesto Volk, nº 300. Os animais adotados pelo projeto Eu Amo Cuidar dos Animais e os abrigados nos canis já serão entregues castrados e chipados.

A Administração Municipal, a fim de manter os animais confortáveis e em ambiente adequado, é responsável pelo custeio de cinco locais. Os animais se dividem em um abrigo, localizado na Linha 28 – interior de Gramado, duas hotelarias, uma na Linha São Paulo – interior de Canela, via Ângela Fabiana Debastiani, e outra na Serra Grande – interior de Gramado, via Rosa Maria Hencke, além de duas clínicas veterinárias, Saúde Animal, em Gramado, e Dr. Leonel Lucena, em Canela. O local destinado às castrações fica em Canela, na Clínica Dr. Álvaro Abreu.

Após reformas e novas instalações, os locais estão abertos para visitações e adoções mediante agendamento prévio na Vigilância em Saúde de Gramado. Um agente responsável acompanha a visita, sendo apto para esclarecer qualquer dúvida do adotante.

A Vigilância em Saúde, pensando na comodidade da comunidade gramadense, oferece também outra opção em adoção. Para os interessados que não possuem disponbilidade ou condições de ir até os abrigos e clínicas, foi disponibilizado no site oficial do projeto as fotos de todos os animais disponíveis para adoção – www.euamocuidardosanimais.com.br. Além disso, uma página foi criada na rede social Facebook – www.facebook.com/CachorroGramadinho.

Acompanhando algumas informações, o peludo possui uma identificação. Ao se interessar, o munícipe entra em contato com a Vigilância e programa o recebimento de seu novo membro familiar. No momento da entrega do animal é criado um termo de responsabilidade, como acontece nas adoções nos locais disponíveis, sendo necessário apenas documentos e comprovante de residência.

“Possuímos os locais ideais que oferecem toda a estrutura necessária para cada um desse animais. Eles estão em condições merecidas, medicados e castrados, chipados e sob vigilância da nossa equipe. Em contrapartida, pedimos apenas o apoio da população na adoção destes peludos, eles merecem um lar repleto de amor e responsabilidade”, pondera Eduardo Barros, Secretário Interino de Saúde de Gramado.

A Secretaria de Saúde de Gramado também fiscaliza os maus tratos. As denúncias podem ser feitas pelo Fala Cidadão através do fone 32862500. Nas autuações já foram constatados locais com condições precárias de higiene e alimentação. Em alguns casos, com animais mais fragilizados, a Vigilância fez o recolhimento e encaminhou para o processo de adoção.

Notícias Similares

Deixe uma resposta

*

Topo