Você está aqui
Home > #Destaque > Coletiva.net teve um ano de sucesso

Coletiva.net teve um ano de sucesso

Crescimento na audiência é destaque do ano em Coletiva.net

Portal somou 53% a mais de visualizações, ultrapassando 2 milhões de acessos

De maneira geral, Coletiva.net considera que 2017 foi muito bom e marcado pelo crescimento na audiência. O primeiro ano completo da nova gestão proporcionou à equipe números como o aumento de 53% de visualizações, passando de 1,5 milhão para 2,3 milhões nos últimos 12 meses. “Como não comemorar? Apesar da crise geral, e em se tratando do primeiro ano de gestão totalmente nossa, as conquistas eram apenas desejos, sem convicção da aceitação pelo mercado, mas fomos agradavelmente surpreendidos com a performance”, ressalta a publisher, Márcia Christofoli.

É destacada também a consolidação do produto Cobertura em Tempo Real. Conforme a editora do portal, Gabriela Boesel, gerar conteúdo diretamente dos eventos do mercado foi algo muito bem aceito pelos leitores. “Sucesso absoluto”, comemora a jornalista. Segundo ela, o ápice, sem dúvida, foi a cobertura do Web Summit, em Lisboa, estreando a iniciativa internacional. Ela lembra também o lançamento de dois títulos novos, as revistas Tendências Inovação e Academia.

O ano do portal terminou como os últimos: com o lançamento da Tendências Comunicação. “E a deste ano está especial, graficamente e no conteúdo. Então, não tem como um ano acabar mal”, orgulha-se Márcia. A jornalista é corroborada pelo sócio Iraguassu Farias, que afirma que os objetivos – ainda que tenham sido definidos ao longo do ano – foram atingidos. “Tínhamos tudo a fazer neste ano sob o aspecto de faturamento, então, podemos dizer que os objetivos foram atingidos plenamente”, exalta o diretor Comercial.

O trio de sócios garante que as perspectivas são boas para 2018, primeiro porque a performance neste ano impulsiona, e eles garantem: todos os envolvidos estão com o gás e a confiança em nível elevado. Um dos objetivos para o próximo ano é aumentar as coberturas internacionais, como o SXSW, em Austin, e o Festival de Cannes, em Paris, além de repetir o Web Summit, em Lisboa.

Quanto à expectativa em relação à economia, os sócios garantem estar atentos, mas convictos de que é preciso deixar as mazelas políticas e econômicas de lado e trabalhar muito. “A crise não nos atrapalhou em 2017. Passaremos por cima dela, se persistir, em 2018. O País, esteja ele como estiver neste ano, não vai nos atrapalhar e impedir de irmos pra frente”, garante Farias.

Notícias Similares

Deixe uma resposta

*

Topo