Você está aqui
Home > #Destaque > Edição histórica de 45 anos do Festival começa hoje

Edição histórica de 45 anos do Festival começa hoje

A partir das 17h, a edição histórica do 45º Festival de Cinema de Gramado estará oficialmente aberta. A cerimônia de abertura acontece na Rua Coberta com a presença de autoridades, convidados, imprensa e apresentação da Orquestra Sinfônica de Gramado sob a regência de Bernardo Grings e participação mais que especial do maestro João Carlos Martins, personagem que inspirou o filme “João, o Maestro”, longa de abertura desta edição do evento. Martins veio a Gramado especialmente para prestigiar a exibição ao lado da equipe do filme que já está na cidade.

Também na sessão desta noite acontece a primeira exibição da mostra competitiva: “O Matador”, de Marcelo Galvão, primeira produção Original Netflix para o Brasil, que está na disputa pelo Kikito na categoria de longas brasileiros.

Como parte das homenagens que acontecerão ao longo desta edição, hoje personagens gramadenses importantes da história do evento receberão seu reconhecimento. Horst Volk e Romeu Dutra, em 1973, tornaram realidade a primeira edição do Festival, que ajudou a projetar a cidade de Gramado para o Brasil e se tornar um dos mais queridos e importantes festivais da América Latina, preservando e celebrando um valioso e expressivo recorte da cinematografia falada em português e espanhol.

Recebendo o Festival de Gramado, o Cine Embaixador, mais conhecido como Palácio dos Festivais, virou um verdadeiro templo do cinema brasileiro e latino, muito em função do trabalho de Odilon Cardoso (in memoriam), que atuou como diretor do Cine Embaixador, acreditando e incentivando esse evento que mora no imaginário de tantas plateias. E como falar do Festival sem celebrar também Esdras Rubim, que, nos anos 1990, ao assumir a coordenação geral do evento, prestou, durante várias edições, uma expressiva e marcante contribuição para o nosso célebre evento? Foi na gestão de Esdras que o Festival de Cinema de Gramado abriu espaço para filmes ibero-americanos em sua programação

São nomes históricos, pioneiros e que, juntos, contam boa parte do que Gramado colocou na tela durante mais de quatro décadas que receberão essa noite sua devida homenagem.

Mostra Gramado Apresenta traz três filmes fora de competição 

Em exibição hors-concours, três filmes serão exibidos na mostra paralela do 45º Festival de Cinema de Gramado, todos com entrada franca. As sessões acontecem neste sábado (19), no Teatro Elisabeth Rosenfeldt, da Câmara de Vereadores de Gramado (avenida São Pedro, 369). Na sessão das 14h, sessão dupla, com “Caminhando no Gramado com a Água na Canela”, de Dharma Slack e Vladimir Momberger, e “Era uma Vez no Sul – Um Salto ao Passado”, de Otávio Machado e Norma Goldbeck. Já às 16h, é a vez de “Matheus Schmidt – Um Caso de Amor pelo Brasil”, de Márcia Schmidt e Rogerio Brasil Ferrari.

Orgulho gramadense na sessão do EDUCAVÍDEO

Reunindo e celebrando os talentos gramadenses, a primeira noite do 45º Festival de Cinema de Gramado foi cercada de emoção e alegria com a exibição dos filmes produzidos pelo projeto EDUCAVÍDEO, que leva o cinema como ferramenta de ensino para a rede pública da cidade. Foram três filmes produzidos e finalziados inteiramente em Gramado que ganharam a tela do Palácio dos Festivais: “O Roubo do Livro”, “Será Que o Amor Sempre Vence?” e o primeiro média-metragem idealizado pelo EDUCAVÍDEO, “Para Sempre Você”.

Presente na cerimônia, o prefeito de Gramado, João Alfredo de Castilhos Bertolucci – Fedoca, celebrou a mais recente conquista para o projeto: o acordo de cooperação firmado entre a Prefeitura Municipal e o Ministério da Cultura (MinC), que vai destinar equipamentos no valor de 500 mil reais para uso dos alunos do Educavídeo”. Fedoca, que, acompanhado da primeira-dama Bianca Bertolucci, recepcionou todos os alunos na entrada do Palácio antes da sessão, não escondeu seu entusiasmo: “Que a execução desse programa prolifere uma gama imensa de cineastas em Gramado”.

Também presente na cerimônia, o presidente da Gramadotur, Edson Néspolo, celebrou os jovens talentos da cidade, ressaltando que eles também fazem parte de uma edição histórica do Festival. “Nós todos temos orgulho dessa noite, desse projeto, dessa luta”, contou Néspolo. Por falar em orgulho, essa foi a palavra que inspirou a secretária de educação do munícipio, Gilça dos Santos Silva: “Quem acompanha o EDUCAVÍDEO só pode ter orgulho, principalmente dos jovens participantes. Aliás, hoje já falamos no projeto como uma Escola de Cinema, junto à Universidade Aberta, que já é uma realidade em Gramado”.

Representando o Ministério da Cultura, o secretário substituto do audiovisual, Heber Trigueiro, revelou, inclusive, estar nervoso com a sessão. “É um grande nervosismo estar falando para os futuros cineastas do Brasil, mas o que tenho a dizer a vocês é que sejam, diversos, sejam diferentes, sejam únicos. O polo audiovisual de Gramado é diferenciado porque essa é uma cidade que já nasceu com vocação para o cinema”, apontou.

Além da prática e do resultado audiovisual visto na tela, a professora Amanda Menger destacou uma conquista muito mais ampla do EDUCAVÍDEO: “Quando educados e instrumentalizados, eles tiram do papel projetos que mostram as suas vozes como cidadãos autônomos”. A celebração no Palácio dos Festivais terá resultados a longo prazo: o EDUCAVÍDEO receberá um prêmio da CIARIO no valor de 6 mil em locações de equipamentos, de acessórios, iluminação e maquinaria da Naymar.

PROGRAMAÇÃO DE HOJE

18 DE AGOSTO DE 2017 (sexta-feira)

13h30

Museu do Festival

Mostra Educavídeo

 17h

Rua Coberta

Abertura Oficial do Festival

  • Apresentação da Orquestra Sinfônica de Gramado sob a regência do maestro Bernardo Grings com participação do maestro João Carlos Martins e solistas Alexsander Castro (flauta indígena) e Julio César Wagner (solista de oboé).

 19h

Palácio dos Festivais

Longa Metragem de Abertura | JOÃO, O MAESTRO, de Mauro Lima (104’)

HOMENAGEM 45 ANOS FESTIVAL DE CINEMA DE GRAMADO AOS GRAMADENSES

LMB | O MATADOR, de Marcelo Galvão (107′) *sessão com audiodescrição

 

QUEM CHEGA HOJE

Marcelo Galvão, diretor de “O Matador”

Alinne Moraes, atriz de “João, o Maestro”

Fernanda Nobre, atriz de “João, o Maestro”

João Carlos Martins, maestro que inspirou o filme “João, o Maestro”

Nando Cunha, ator de “Telentrega”

Etienne Chicot, ator de “O Matador”

Maria Ribeiro, atriz de “Como Nossos Pais”

Laís Bodanzly, diretor de “Como Nossos Pais”

Camila Morgado, atriz de “Vergel”

Kris Niklison, diretora de “Vergel”

Carlos Gerbase, diretor de “BIO”

Thaila Ayala, atriz de “O Matador”

Fabio Meira, diretor de “As Duas Irenes”

Clarisse Abujamra, atriz de “Como Nossos Pais”

Rodrigo Pandolfo, ator de “João, O Maestro”

*a reprise de “O Matador” prevista para a manhã deste sábado não irá acontecer por problemas técnicos.

 

Festival de Cinema de Gramado
www.festivaldegramado.net
facebook.com/festivaldecinemadegramado
Twitter: @cinemadegramado
Instagram: @festivaldecinemadegramado
YouTube: https://www.youtube.com/festivaldegramado

Notícias Similares

Deixe uma resposta

*

Topo