Você está aqui
Home > Cidades > Encerrou votação da Consulta Popular

Encerrou votação da Consulta Popular

Gramado encerra votação da Consulta Popular com 2.241 votos

De 26 a 29 de junho, ocorreu a votação de demandas da Consulta Popular, e Gramado se mobilizou, encerrando a votação com 2.241 votos. Agora, os resultados serão remetidos para a Secretaria Estadual do Planejamento e Desenvolvimento Regional, responsável pela elaboração do projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA).

Para a Consulta Popular 2018/2019 o valor disponibilizado é de R$ 80 milhões, que será distribuído entre as 28 regiões do Estado. Para a Região das Hortênsias, as demandas votadas foram: a implementação de espaços pedagógicos, que favorecem a aprendizagem; ampliação, reforma e aquisição de equipamentos para estabelecimentos de saúde vinculados ao Sistema Único de Saúde (SUS); fortalecimento dos sistemas locais e regionais de abastecimento, apoio ao desenvolvimento da agricultura familiar; programa de modernização e desenvolvimento da educação superior pública.

Votação prorrogada

A votação, que ocorreria somente em três dias, foi prorrogada a pedido dos Conselhos Regionais de Desenvolvimento (COREDES), por conta de algumas cidades não terem alcançado o índice mínimo de votos devido ao jogo do Brasil na Copa do Mundo, na quarta-feira (27), o que acarretou em uma redução do expediente em diversas repartições e empresas pelo estado, porém Gramado já na quinta-feira (28) havia atingido a cota mínima de 1.580 votos, necessária para o recebimento de recursos do Estado.

O presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento – COMUDE, Alexandre Dallarosa, agradece a comunidade pelo seu empenho: “obtivemos a ajuda de muitas pessoas para que pudéssemos contabilizar os 2.241 votos. Sempre é importante a participação da comunidade para que saibamos de suas reais necessidades e possamos tornar a nossa cidade um lugar melhor para se viver.”

O que é a Consulta Popular?

Desde 1998, o Estado do Rio Grande do Sul instituiu, através da Lei nº 11.179, que a população define diretamente parte dos investimentos e serviços que constarão no orçamento do Estado. Anualmente o Governo do Estado fixa o valor submetido à deliberação da população. Este valor é distribuído entre as 28 regiões do Estado, de acordo critérios como a população de cada região e o Índice de Desenvolvimento Socioeconômico (IDESE).

Definido o valor para cada região, o governo e os COREDES organizam o processo de discussão em Assembleias Públicas Regionais, Assembleias Públicas Municipais e Assembleias Regionais Ampliadas. Nos encontros, é construída uma cédula de votação regional, que é submetida aos eleitores gaúchos na votação da Consulta Popular.

Legenda: Votação foi realizada via site, sms e também presencialmente pelos representantes dos COREDES e dos COMUDES.

Créditos: Marlova Martin

Notícias Similares

Deixe uma resposta

*

Topo