Você está aqui
Home > Cidades > Feira do Livro de Gramado

Feira do Livro de Gramado

Créditos: Milena Dallarosa

Feira do Livro leva literatura para salas de aulas com atividades pré-feira

A Feira do Livro de Gramado chega em 2018 expandindo a sua programação. Para inserir a comunidade no universo da literatura, várias ações pré-feira estão ocorrendo nas escolas. A ideia é despertar o gosto pelos livros, aproximando estudantes e escritores por meio de contação de histórias, oficinas, teatros e atividades literárias. “É lindo ver a recepção das crianças aos escritores. Para os estudantes, eles são como artistas de cinema”, comenta Margarete Inês Anschau, da Secretaria da Cultura, coordenadora da 22ª Feira do Livro, que ocorre de 15 a 24 de junho.
Entre os escritores que integram a pré-feira, estão Marô Barbieri, de Bento Gonçalves, que é também professora e contadora de histórias; Denise Weinréb, de Porto Alegre, que circula há seis anos pelo universo literário infantil; e Christina Dias, também de Porto Alegre, com mais de 15 livros publicados.
Marô Barbieri já passou pelas escolas municipais Pedro Zucolotto, Vicente Casagrande e na Mosés Bezzi com a obra “Que Horror – 5 Histórias de Arrepiar”, e Denise Weinréb nas escolas Senador Salgado Filho, Gentil Bonato, Padre School e Presidente Vargas, com as obras “A tabuada na ponta dos dedos”, “A baleia arco-íris” e “Os doze mandamentos verdes.”
“A Feira do Livro é de suma importância não só para o município de Gramado. Ela é importante para socialização de todos que visitam a cidade em comunhão com a mesma, pois ali se trabalha política pública através da cultura. Nosso foco é despertar nas crianças um interesse pela boa leitura para que, num futuro próximo, possam ser pessoas sem dogmas e preconceitos. Somente assim poderemos construir um país realmente inclusivo”, destaca o secretário da Cultura, Allan John Lino.
Feira do Livro – A 22ª Feira do Livro de Gramado ocorrerá de 15 a 24 de junho, com programação na Rua Coberta, na Biblioteca Pública, no Centro de Cultura da Várzea Grande e nas escolas. O jornalista, fotógrafo e editor de livros de arte, Leonid Streliaev, é o patrono do evento em 2018. A Feira do Livro é organizada pela Prefeitura, por meio da Secretaria da Cultura.

Atividades lúdicas para crianças da Várzea Grande
Na última quarta-feira (16), a pré-feira chegou na Várzea Grande. O projeto Kombina transformou a Sociedade Belvedere numa verdadeira estação de brincadeiras. Cerca de 450 crianças da educação infantil e das séries inicias de escolas do município participaram de atividades com bonecos de pano, corda, pernas de pau e pintura em tela. A Kombina é um ponto de cultura móvel, equipado com biblioteca, brinquedos e jogos. O projeto foi criado e é coordenado pela escritora Christina Dias.
“Essas ações fazem a Feira do Livro ter mais significado, pois tira a feira do caráter de evento e a transforma em um projeto, trazendo os alunos para mais perto do hábito da leitura”, afirma Christina.
Para a professora Joice Mapelli Antunes, professora do 5º ano da Escola Padre Anchieta, as atividades da pré-feira levam aprendizado de uma forma diferente aos alunos. “É um momento lúdico e divertido, desperta nos estudantes uma maneira diferente de criar”, afirma.
Próximas escolas –As ações pré-feira ocorrerão ainda neste mês nas escolas Padre Anchieta, Henrique Bertolucci, Nossa Senhora de Fátima, Mosés Bezzi, Padre Anchieta,Dr. Carlos Nelz (CAIC), Alberto Pasqualini, Maximiliano Hahn e Carlos Barbosa.

Notícias Similares

Deixe uma resposta

*

Topo