Você está aqui
Home > Cidades > Gramado Fantasia 2017 mostra a força da comunidade

Gramado Fantasia 2017 mostra a força da comunidade

Foto: Cleiton Thiele/SerraPress

Valorizando marcas e entidades locais, Carnaval contabilizou público de cerca de sete mil pessoas

O 21º Gramado Fantasia consolidou-se como a retomada da participação da comunidade, valorizando a integração e a tradição dos bailes carnavalescos. Com o tema Carnaval do Bem, a edição de 2017 valorizou a solidariedade, os clubes de serviços, as empresas locais e, claro, os blocos de Gramado.

Durante as três noites de Carnaval no ExpoGramado, a cobrança de estacionamento deu lugar à arrecadação de alimentos e ração animal. A participação dos clubes de serviço – Rotary Club, Lions Club e ORBIS – na venda de bebidas não alcoólicas e lanches, cuja renda será revertida em ações beneficentes, e o patrocínio e venda de shopp por parte das cervejarias de Gramado – Rasen Bier, Gram Bier e Ambarina – deram reconhecimento às entidades e empresas da cidade. Linhas de ônibus de ida e volta dos bairros para o Expo, organizadas pela empresa Gramado Turismo, facilitaram a participação dos foliões. O resultado foi um público de aproximadamente sete mil pessoas nos cinco dias de circuito carnavalesco.

“O apoio da Secretaria de Cultura foi permanente. A participação dos clubes de serviço e a certeza da renda revertida para projetos sociais foi muito bom. A comunidade cobrava isso do Carnaval e aprovou. Com relação aos blocos, tivemos suporte e ajudamos a tomar as decisões, como a indicação de algumas bandas”, analisa o presidente da Liga dos Blocos, Mateus Castro.

Integrantes do circuito carnavalesco, com bailes adultos e infantis, o Clube Esportivo Cultural Minuano e a Sociedade Recreio Gramadense elogiaram o 21º Gramado Fantasia e a participação dos blocos. “Fizemos adequações exigidas pelo Plano de Prevenção e Proteção contra Incêndios (PPCI), o que possibilitou que convidemos os blocos e garantíssemos o público. Foi muito bonito”, destacou a secretária executiva da Recreio, Eliana Wazlawick.

O Secretário de Cultura, Allan John Lino, avalia o evento como positivo. “Não tivemos nenhum incidente. Percebemos um crescimento da participação das famílias e da comunidade, e era isso o que buscávamos. Agradecemos a todos que se empenharam para o 21º Gramado Fantasia acontecer, bem como aos órgãos de segurança, como Polícia Civil, Brigada Militar e Corpo de Bombeiros, pelo apoio”, finalizou.

O 21º Gramado Fantasia foi realizado pela Prefeitura de Gramado, por meio da Secretaria de Cultura, com apoio da Gramadotur, Secretaria de Turismo, Gabinete da Primeira-Dama, Gramado Turismo e com participação da Liga dos Blocos. Produção Executiva: S&S Cultura, Turismo e Eventos. Patrocínio: Rasen Bier, Gram Bier e Ambarina.

Blocos: a alegria do Carnaval de Gramado

Os cinco blocos de Gramado foram a grande atração do Gramado Fantasia – Carnaval do Bem. Durante as apresentações no ExpoGramado e nos clubes que integram o circuito, eles mostraram animação e uma bateria afinada para o samba. Personagens de histórias infantis inspiraram o enredo de três deles.

O bloco 100 Juízo trouxe o tema-enredo “100 Juízo na Disney”. Retomando a tradição de homenagear países, o grupo caiu na folia vestido de Mickey e Minnie, reverenciando os Estados Unidos.

Caracterizado pela irreverência, o Quereu Bebeu levou para o salão uma das histórias infantis mais conhecidas de todo o mundo: a de Chapeuzinho Vermelho. Os integrantes chegaram a levar carrinhos de mão com lenhas para os salões.

O Sópranóis fez alusão a outro clássico: Aladdin, o mascote Abu, Jasmine e o Gênio da Lâmpada fizeram parte do enredo e coreografia do grupo. O Velhinhos Transviados homenageou a alegria, o mistério e a liberdade do povo cigano. Diz Meu Cafezinho mostrou o frevo, o olodum e o black power.

Durante a cerimônia de abertura, na primeira noite do evento (sexta, 24), o Prefeito Fedoca – João Alfredo de Castilhos Bertolucci (PDT) entregou a chave da cidade ao Rei Momo Fábio Luiz Veeck e à Rainha do Carnaval, Ana Lu da Silva.

Foto: Cleiton Thiele/SerraPress

Notícias Similares

Deixe uma resposta

*

Topo