Você está aqui
Home > Geral > Cultura > Cinema > Livros para ler antes da nova temporada de Stranger Things

Livros para ler antes da nova temporada de Stranger Things

Imagem: Divulgação

As histórias de terror estão na literatura, no cinema e nas séries. O gênero tem um público fiel que acompanha as principais novidades sobre o assunto e está em alta no país. No começo do mês estreou nas telas do cinema o filme It: a coisa e a nova temporada da série Stranger Things deve chegar em breve à Netflix.  Se você curte essas produções, vai gostar dos livros do sueco John Ajvide Lindqvist.

O autor é considerado por jornalistas britânicos como “a resposta sueca ao Stephen King” e tem livros de terror inteligente com a marca estilística noir escandinava. Lindqvist nasceu em Estocolmo, na Suécia, em 1968. Trabalhou como mágico, comediante stand-up, dramaturgo e roteirista de TV. Hoje é um romancista bem-sucedido e reconhecido internacionalmente. Com livros publicados em 29 países, coleciona fãs e críticas elogiosas pelo mundo inteiro.

Confira abaixo os livros do autor já lançados no Brasil.

Estou atrás de você
Selo Tordesilhas
Ano: 2017

Recém-lançado no Brasil, Estou atrás de você começa com um lindo dia no acampamento, céu está azul e a grama é farta e verde, mas algo está errado. Ontem havia vozes felizes, fumaça de churrasco e mosquitos. Agora tudo se foi! O acampamento, o lago e até o sol. Tudo que resta é um campo de grama infinito, quatro trailers, oito adultos, duas crianças, um cachorro e uma gata. Em seus aparelhos de rádio tocam estações de música nacional, mas eles não conseguem sinal de celular. O GPS de seus veículos também não funciona, e o tempo nesse descampado parece se mover em uma velocidade diferente.

Diante da incredulidade de tal cenário e da busca por sentido, figuras estranhas começam a aparecer. Primeiro distantes. Silenciosas. Mas logo cada um se vê cercado das aparições de seus piores medos. O pânico instala. E enquanto alguns ajudam um ao outro, outros lutam com a própria loucura na busca por sentido. Um deles, inclusive, acredita que tudo acontece apenas em sua cabeça. Mas não, isto é horror. E esta terra artificial é de medo!

Melodia do mal
Selo Tordesilhas
Ano: 2014

O músico frustrado Lennart Cederström encontra, no meio de um bosque, uma bebê recém-nascida à beira da morte. Sem nada que diga de onde ela veio ou como foi parar lá, a bebê começa a cantar perfeitamente. Assombrado, Lennart a leva consigo para sua casa, em que vive com a mulher e o filho rejeitado, e a prende no porão. Apelidada de Pequenina pela família postiça, a criança cresce isolada do resto do mundo e, quando finalmente sai do cativeiro, acaba por revelar uma força sinistra e assustadora, deixando um rastro de sangue – e angariando seguidores fanáticos – em seu caminho.

 

A maldição de Domarö
Selo Tordesilhas
Ano: 2013

Após o trágico e misterioso desaparecimento da filha, a vida de Anders entra em declínio. Dois anos depois, alcoólatra e abandonado pela mulher, ele resolve voltar ao lugar onde sofrera tão terrível perda: o arquipélago sueco Domarö. Tentando encontrar uma maneira de lidar com sua dor e entender o que de fato aconteceu, Anders entra num espiral psicológico, em que as memórias indeléveis de sua família se misturam às experiências reais e assustadoras que assombram a ilha.

Mortos entre vivos
Selo Tordesilhas
Ano: 2011

Estocolmo, Suécia, 13 de agosto de 2002. Seria mais um dia normal na capital do civilizado e pacato país com um dos melhores IDH do mundo, não fosse uma “epidemia” de cefaleia e o estranho comportamento dos aparelhos eletrônicos: eles simplesmente não desligam, mesmo quando desconectados da tomada. Prenúncio de fenômeno ainda mais extraordinário: os mortos revivem – inclusive os falecidos até alguns meses antes. De repente, eles se movem, andam, deixam as câmaras de refrigeração dos hospitais, falam (ou balbuciam algumas palavras, como crianças) e podem ser ouvidos arranhando a tampa de suas urnas funerárias, nos cemitérios.


Deixe ela entrar
Globo livros
Ano: 2004

Oskar, um garoto de doze anos, vive com a mãe no subúrbio de Estocolmo, na década de 1980. Solitário e alvo de bullying na escola, passa o tempo lendo e colecionando notícias sobre serial killers e planejando se vingar de seus perseguidores. No entanto sua rotina é alterada quando uma garota de doze anos, Eli, se muda para o apartamento ao lado. Uma profunda identificação aproxima o menino a Eli, ao mesmo tempo em que a vizinhança passa a ser assolada por uma onda de mortes misteriosas.

 

Notícias Similares

Deixe uma resposta

*

Topo