Você está aqui
Home > Cidades > Reservatório de água inédito

Reservatório de água inédito

Visita técnica ao reservatório, com o Prefeito Fedoca (à direita da foto), Secretário Estadual de Obras, Rogério Araújo de Salazar (o segundo da esquerda para a direita), e autoridades da Corsan. Fotos: Carlos Borges

Gramado inaugura reservatório de água inédito no Rio Grande do Sul

Com tecnologia importada dos Estados Unidos, município pretende acabar com a falta de água durante as altas temporadas

A Prefeitura Municipal de Gramado e a Corsan inauguraram nesta sexta-feira (28), com a presença de autoridades municipais e do Estado, além de diversos representantes da comunidade, o novo reservatório de água da cidade, situado na Rua Bela Vista, nº 200 (Rua da Aldeia do Papai Noel). Esta é uma grande conquista da gestão do Prefeito João Alfredo Bertolucci, o Fedoca, que incansavelmente negociou com o Governo do Estado e com a companhia para trazer esse reservatório com o objetivo de evitar a constante falta de água na cidade, principalmente nas temporadas de Natal Luz, quando o número de turistas aumenta muito, além do consumo de água subir no verão. O Prefeito Fedoca começou essas tratativas antes mesmo de sua posse: teve a primeira reunião com a Corsan e o empresariado de Gramado logo após as eleições em 2016. Essa é uma das medidas de curto prazo para melhorar o abastecimento de água na cidade que a administração vem implementando.

O investimento na obra foi de R$ 3,6 milhões, recursos destinados pela Corsan, e a estrutura tem capacidade para armazenar 3 milhões de litros de água, o que corresponde ao dobro da capacidade de reservação da cidade. O novo reservatório chama atenção pela tecnologia utilizada, construído em aço fundido com vidro, que é importado dos Estados Unidos. O material se destaca pela qualidade e rapidez na montagem. Esse é o primeiro reservatório construído no Rio Grande do Sul utilizando essa tecnologia. A estrutura tem 26,44 metros de diâmetro e 9,65 metros de altura. A empresa responsável pela execução da obra foi a SM7 Engenharia Tecnologia e Importação LTDA. O reservatório começou a funcionar em fase de testes no dia 8 de setembro, e nesta sexta, passa a operar plenamente.

Para o Prefeito Fedoca, “essa negociação marcou um novo momento de diálogo com a Corsan, e o resultado obtido é uma obra fantástica, que vai suprir uma lacuna importante e recorrente. Vamos agora abastecer o município de água e, mais adiante, avançaremos no esgotamento sanitário”. O Prefeito citou ainda que o diálogo com a Corsan continua respeitoso e permanente e que a estrutura implantada transformará a cidade. “Temos uma população de 35 mil pessoas, somos o segundo polo receptivo do Brasil e recebemos mais de 6,5 milhões de turistas ao ano. A inauguração desse reservatório é um momento importante para a história de Gramado”, completou.

Autoridades valorizam protagonismo do atual governo municipal

Em seus pronunciamentos, os representantes da Corsan e o Secretário Estadual de Obras, Saneamento e Habitação, Rogério Araújo de Salazar, citaram o protagonismo do atual governo municipal na busca do diálogo com a empresa e com o Estado para a implantação de medidas efetivas que resolvessem a falta de água, fazendo com que Gramado recebesse uma tecnologia importada e inédita no Rio Grande do Sul.

“Há muitos anos tentávamos conversar com as gestões municipais em Gramado. O diálogo com o Prefeito Fedoca começou em outubro de 2016, logo após as eleições. Em dois anos, avançamos muito, e a inauguração desse reservatório é a prova desse retomada de relações”, salientou o diretor de expansão da empresa, Marcus Vinicius Caberlon.

O diretor-presidente da Corsan, Jorge Melo, afirmou que, considerando a estrutura do reservatório e os trâmites burocráticos da obra, ele foi construído em tempo recorde. “Estávamos em dívida com Gramado. O segundo destino turístico do país não pode ficar com o abastecimento de água prejudicado”, enfatizou Melo.

O Secretário de Obras do Estado destacou o ineditismo da infraestrutura do reservatório de água de instalado no município. “Gramado é uma referência, conhecida em todo o país, merecia essa atenção, uma obra feita com material de primeiro mundo. Estamos orgulhosos de participar desse momento”, falou Rogério Araújo de Salazar.

Após a cerimônia de inauguração, ocorreu uma visita técnica para conhecer o reservatório, com participação de todos os presentes.

OUTRAS AÇÕES

Juntamente com a Corsan, a Prefeitura também vem realizando uma série de ações e investimentos para ampliar e qualificar os sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário no município. Foram realizadas melhorias operacionais no sistema de abastecimento de água integrado de Canela e Gramado, o que possibilitou o aumento de capacidade de produção em 20% para as duas cidades. Também está em implantação uma nova adutora de água bruta em paralelo à existente, a partir da captação no Poço da Faca, em São Francisco de Paula. A obra deve ser concluída até a primeira quinzena de novembro. Essa solução ampliará a vazão de tratamento e está alinhada à futura expansão do sistema de produção de água.

Na área operacional, a Corsan informou à administração que está iniciando a execução dos serviços do contrato de performance para o sistema integrado de Gramado, com o objetivo de reduzir perdas comerciais e operacionais e, consequentemente, melhorar a utilização e o fornecimento de água para os clientes. Com conclusão prevista para dezembro/2018, está em andamento a instalação do Centro de Controle Operacional, que inclui sala de controle e equipamentos de telemetria em vários pontos das cidades. No sistema de esgotamento sanitário do município, estão em fase de licitação as Estações de Tratamento de Esgoto pré-fabricadas para Gramado, com dois módulos para a cidade. A abertura das propostas está prevista para início de outubro. A Companhia também está realizando um diagnóstico que pretende identificar a situação das ligações de esgotos na cidade, apurando se os imóveis possuem os sistemas individuais de tratamento de esgotos; se possuem a adequada dimensão; se necessitam de limpeza; se apresentam regular funcionamento e se estão interligados à rede pública cloacal. Em parceria com a Prefeitura, uma força-tarefa está verificando a existência de lançamentos clandestinos de esgotos cloacais na rede pluvial, ou de esgotos pluviais na rede cloacal, adotando as medidas administrativas necessárias.

Notícias Similares

Deixe uma resposta

*

Topo