Você está aqui
Home > Cidades > Salvar vidas em Gramado

Salvar vidas em Gramado

SOCERGS e Prefeitura treinam pessoas para salvar vidas em Gramado

“Transformar Gramado na primeira cidade do Brasil que salva vidas” é a finalidade da parceria entre a Sociedade de Cardiologia do Rio Grande do Sul (SOCERGS) e a Prefeitura. No sábado, 25, cerca de 50 representantes de restaurantes, seguranças de eventos e agentes de trânsito receberam o treinamento do BLS (Basic Life Support). O prefeito Fedoca Bertolucci (PDT) participou da ação.

Ministrado pelo cardiologista e diretor da Universidade SOCERGS, Marcelo Rava de Campos, foram abordados temas sobre como ter uma vida saudável, como ativar o sistema médico de emergências, suporte básico de vida e desfibrilação externa automática. Houve, ainda, treinamento em manequins das manobras de ressuscitação cardiopulmonar (RCP) e desobstrução de vias aéreas por corpo estranho em adultos e crianças.

– Gramado é uma cidade com grande fluxo de turistas e possivelmente muitos destes têm problemas cardíacos, mesmo sem saberem. Por ser uma cidade muito organizada e com os moradores integrados na cultura turística do receber bem, a SOCERGS optou por fazer um grande projeto de educação e treinamento para a comunidade local, com a finalidade de reduzir o impacto da morte súbita cardíaca – disse o diretor.

Segundo a SOCERGS, a morte súbita cardíaca (MSC), devido à parada cardiorrespiratória (PCR), é a principal complicação das doenças cardiovasculares. Estima-se que anualmente 250 a 300 mil pessoas tenham uma PCR no Brasil, tanto intra como extra-hospitalar.

Essa foi a primeira edição do treinamento, que procura preparar pessoas que trabalham diretamente com o público da cidade. Os instrutores foram os integrantes da Liga de Cardiologia UFCSPA IC-FUC, treinados pela UC SOCERGS – entre os quais o representante do grupo das ligas de cardiologia do RS, Leonardo Griseli.

O curso teve o apoio da Prefeitura de Gramado – com a Secretaria de Trânsito e Mobilidade Urbana e Secretaria da Saúde.

Notícias Similares

Deixe uma resposta

*

Topo