Você está aqui
Home > Cidades > Saúde- Calor intenso

Saúde- Calor intenso

Saúde: Estado em alerta devido ao calor intenso

O Centro Estadual de Vigilância em Saúde do Rio Grande do Sul alerta a população, tendo em vista o calor intenso no Estado (temperaturas a partir de 32ºC) que pode causar inclusive óbitos.

Crianças e idosos são mais vulneráveis ao calor excessivo. No grupo de maior risco também encontram-se os portadores de doenças crônicas (hipertensão, arritmia, respiratórias, renais, diabetes e alcoolismo, obesos); acamados; pessoas com transtornos mental ou sofrimento psíquico; e quem utiliza anti-hipertensivos, antiarrítmicos, diuréticos, antidepressivos, neurolépticos, entre outros.

Segundo a médica Veterinária e coordenadora da Vigilância em Saúde de Gramado, Marina Toniolo, pelo fato de vivermos em uma região em que não é muito comum o registro de temperaturas elevadas, a população não está acostumada a conviver com o calor extremo.

“Muitas pessoas desconhecem os cuidados básicos com sua saúde em dias tão quentes, como evitar exposição ao sol entre 10h e 16h e ingerir bastante líquidos. Devemos estar sempre atentos a idosos, crianças e doentes crônicos oferecendo-lhes água e observando para que fiquem em locais à sombra, frescos e arejados”, explica.

Toniolo destaca, ainda, que cuidados semelhantes devem ter com os animais em casa, deixando sempre água fresca à disposição e mantendo-os protegidos do calor, tendo sempre um espaço à sombra, no qual possam se abrigar.

Em Gramado, o telefone para contato com a Vigilância em Saúde é (54) 3295-7100 ramal 4.

As orientações completas podem ser conferidas em https://www.cevs.rs.gov.br/cuidados-com-a-onda-de-calor

 

Texto: Lucas Brito

Notícias Similares

Deixe uma resposta

*

Topo