Você está aqui
Home > Cidades > Vinícola Ravanello ganha selo

Vinícola Ravanello ganha selo

Créditos Carlos Borges

Primeira vinícola do país a ter selo de produção integrada é de Gramado

A busca pela qualidade levou a Vinícola Ravanello de Gramado a receber a certificação que atesta o emprego de boas práticas agrícolas e de produção, sendo assim a primeira vinícola brasileira a apresentar o selo da produção integrada em seus rótulos.
A certificação, que é do Instituto de Avaliação de Qualidade de Produtos da Cadeia Agro Alimentar, com aval do Ministério da Agricultura e do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia – Inmetro, tem a sua base na adoção de boas práticas, tanto agrícolas quanto de fabricação, onde se busca a redução de uso de agroquímicos, visando a ausência de resíduos químicos, físicos e biológicos nos produtos ou, se existirem, que estejam dentro de padrões de segurança estabelecidos na legislação brasileira, oferecendo assim segurança e alta qualidade aos consumidores. Também leva em conta o aspecto social da produção, como a saúde do trabalhador rural, isenção do uso de mão de obra infantil e o constante treinamento das pessoas.
A conquista do vinho certificado é o resultado de nove anos de pesquisas científicas, período no qual foi avaliado e validado todo o sistema de manejo da uva e o processo de elaboração da bebida.
O proprietário da vinícola, Normélio Ravanello, esteve nesta quarta-feira (18) no Gabinete do Prefeito João Alfredo de Castilhos Bertoluci, o Fedoca, apresentando o certificado recebido. Fedoca parabenizou a empresa e lembrou que a certificação vai ao encontro de um dos pilares da administração, que é a sustentabilidade. “Para nós, que lutamos pela qualificação de nossos produtos e serviços, a outorga recebida pela Ravanello constitui mais um atrativo a ser incorporado ao projeto de sustentabilidade desenvolvido no município”, ressaltou o prefeito.
Também participaram do encontro a secretária do Meio Ambiente, Rosaura Heurich, e o secretário de Turismo, José Carlos Ramos de Almeida.

Notícias Similares

Deixe uma resposta

*

Topo