Violetas na Janela | Soup News
Você está aqui
Home > Geral > Coisas legais para fazer > Violetas na Janela

Violetas na Janela

O livro espírita mais famoso influencia ainda uma legião

Com mais de 2 milhões de exemplares vendidos, a obra Violetas na Janela completa 25 anos de publicação

Vinte e cinco anos depois, a obra mais notável da literatura espírita continua a esclarecer e consolar os dois lados da vida. Com mais de 2 milhões de exemplares vendidos, Violetas na Janela fez parte das mais diversas histórias de vida dos leitores, e emociona a todos os corações.

O best-seller brasileiro, publicado a primeira vez em 1993 pela editora Petit, da médium Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho foi ditado pelo espírito Patrícia.

O livro já ganhou algumas adaptações, como uma peça teatral e uma história em quadrinhos.

A história começa com o desencarne de Patrícia, aos dezenove anos. No mundo dos espíritos, recorda que despertou tranquilamente no plano espiritual, sentindo-se entre amigos. Feliz com a acolhida, adaptou-se à nova vida auxiliada por espíritos benfeitores que a receberam na Colônia São Sebastião.

Em Violetas na janela, Patrícia explica o que é a desencarnação. Descreve as belezas do plano espiritual, onde não faltam trabalho, estudo e diversão. No início, estava cheia de dúvidas… Do que se alimentaria? O que vestiria? Sentiria as mesmas necessidades? Enfrentaria o calor, o frio? Aos poucos, tudo se esclareceu ao conviver com outros jovens desencarnados.

Conheça o outro lado da vida: entenda como devemos proceder diante da morte de um ente querido – o que fazer para superar a separação e confortar aquele que partiu. Patrícia exemplifica a lição, relembrando a inesquecível ajuda que recebeu de familiares espíritas.

 

Ficha Técnica:
ISBN: 9788572532129
Autora: Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho
Número de páginas: 296
Formato: 16×23 cm
Edição: 57ª

Sobre a Petit Editora: A Petit Editora iniciou suas atividades em 1982, na cidade de São Paulo, como editora de livros técnicos, de informática e eletrônica. Em 1990, seus fundadores resolveram dar um novo direcionamento à editora. Passaram a publicar livros espíritas, cuja distribuição e venda era até então restrita aos centros espíritas. Pioneira na abertura desse segmento ao mercado editorial, a Petit começou a distribuir seus livros nas livrarias comerciais e a atrair novos leitores. O primeiro livro espírita publicado pela Petit Editoria foi O homem e seus poderes, de Eunilto Carvalho de Souza. O primeiro grande sucesso foi o livro Reconciliação, de autoria do Espírito Antônio Carlos, psicografado pela médium Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho. Em 1993, foi publicado o grande sucesso Violetas na janela, de autoria do Espírito Patrícia, também psicografado pela médium Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho, que já vendeu mais de 2,2 milhões de exemplares. Desde então, centenas de livros foram publicados, contribuindo para a divulgação do espiritismo e para o conforto de muitas famílias. Sem se desviar de seu foco principal, ou seja, o de editar obras compatíveis com a Doutrina Espírita, a Petit Editora cresceu e, em 2002, criou o selo Butterfly Editora, responsável pela publicação de livros de temas diversos, como literatura, autoajuda, saúde e educação.

 

Notícias Similares

Deixe uma resposta

*

Topo